quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Nas asas de um Anjo

Nas asas de um Anjo
Percorro o universo!
Entre túneis luminosos
E noites escuras,
Caminho em direcção à luz.
Da luz do crepúsculo
Do amanhecer ao anoitecer
Sinto a tua imensidão!
O coração amaina paixão
Digna de ilusão!
Nos vales brotam
As flores,
Convencem os amores!
No universo
Nasce a saudade
Digna da sua verdade.
Como foi bom conhecer-te
Melhor seria ter-te...
E neste impasse vivo,
Com a esperança
No coração,
À espera do momento...
Sem saber porquê peço perdão!
A vida insiste
Sem entender
A razão do coração,
Assim, vivo na ilusão!
O amor é eterno
E terno
serás sempre recordado
Meu Anjo adorado!
Hoje posso dizer que sou gigante
Porque todo o meu ser
Sente o teu amor crescer!
De sempre para sempre!

1 comentário:

  1. A meiguice dos teus olhos
    Enternece a alma mais dura
    Sei-te em cada batida de coração
    Na verdade da água pura

    A verdade da terra
    De verdadeira verdade se veste a tua alma nua
    O mundo conhece teus passos
    O teu destino impresso nas pedras de uma rua

    Mágico beijo

    ResponderEliminar